Medicina Dentária

Quanto valerá o seu sorriso?

Na Walk'in Clinics poderá encontrar profissionais de Saúde Oral credenciados (Médicos Dentistas e Higienistas), capazes de avaliar, diagnosticar, tratar e recuperar, com rapidez e eficiência, o seu sorriso e o seu estado de saúde oral. Marque uma consulta o mais brevemente possível e teste a sua Saúde Oral.

Sorria com orgulho

Lembra-se quando quis sorrir e os constrangimentos e a vergonha não deixaram? Não basta apenas "usar" a escova de dentes. É preciso manter hábitos regulares de higiene e um acompanhamento especializado periódico, em nome de um sorriso bonito, mas sobretudo saudável.

Já pensou quanto vale o seu sorriso? Está nas suas mãos manter a devida saúde oral, com hábitos regulares de higiene e a ajuda de um especialista. Para começar, deve remover os restos alimentares da dentição, especialmente depois das refeições, escovando os dentes ou utilizando o fio dentário. Use sempre dentífricos ricos em flúor. Deste modo, estará a evitar a ação nefasta das bactérias nos dentes e nas gengivas. Na verdade, a função primordial da higiene oral consiste na remoção da placa bacteriana dos dentes, evitando assim cáries e dores, para além de outras doenças relacionadas com a boca. É determinante obedecer a uma higiene oral correta e eficaz. No entanto, se quando escova os dentes ou usa fio dentário sofre de sangramento ou dor nas gengivas, o melhor será mesmo consultar um especialista.

Na Walk'in Clinics poderá encontrar Médicos Dentistas e Higienistas, pronto para ajudar a obter os melhores resultados, utilizando os mais recentes conhecimentos e tecnologias, sem esquecer a rapidez de todo o processo. Ele também poderá avaliar o melhor modo de combater o mau hálito e a sensibilidade dentária, entre outras patologias do foro da saúde oral.

Malditas cáries

As conhecidas, reconhecidas e mal-amadas cáries resultam da ação de bactérias da placa bacteriana, produtoras de ácidos corrosivos, capazes de conduzir à destruição dos seus dentes. Na origem destes ácidos está a fermentação de alimentos ricos em hidratos de carbono e açúcares. É, sem dúvida, uma das doenças mais frequentes da boca. No início, o processo de uma cárie não apresenta sintomas, mas, progressivamente, o dente vai enfraquecendo. Começam a surgir dores e os dentes mais próximos poderão também ser afetados. A consulta regular com o especialista ajuda a manter uma vigilância apertada sobre as cáries, prevenindo assim males maiores.

As inflamações e as dores de dentes acontecem quando a cárie atinge a polpa do dente. No entanto, também poderão surgir dores na sequência de uma fratura dentária. Neste caso, bastam os terminais nervosos da dentina ou da polpa ficarem expostos para as dores fazerem-se sentir. Por último, o traumatismo dos filamentos que unem a raiz do dente ao osso alveolar pode igualmente estar na origem de dores.

Quente ou frio?

Quando o ocorre o desgaste do esmalte dentário é comum surgir a chamada sensibilidade dentária. Esta doença da boca manifesta-se aquando da ingestão de alimentos frios ou quentes. Mas qual o motivo que leva ao desgaste do esmalte? Não é apenas um, mas vários. A sensibilidade, acompanhada de dor, poderá ter causa na abrasão dos dentes ou, simplesmente, no mecanismo de mastigação.

Convém igualmente relembrar que o uso de escovas de dentes não recomendadas e uma incorreta técnica de escovagem podem, por si, desgastar os dentes. Mas não só… O uso inadequado do fio dentário, aliado a uma má escovagem, conduz a uma das mais constrangedoras doenças da boca: o mau hálito. A má higiene oral espoleta um aumento de acidez da boca, o que se irá traduzir num hálito desagradável. Se consultar o Médico Dentista ou Higienista verá que é mais fácil do que parece ver-se livre do mau hálito.

Tártaro e gengivites

Outro dos problemas de saúde oral mais frequentes é o tártaro. Também conhecido por "pedra nos dentes", o tártaro surge quando a placa bacteriana calcifica, alojando-se entre a gengiva e os dentes. Se não for tratado, existe o real perigo de destruição dos filamentos fixadores dos dentes. Para além de ser uma doença por si só, o tártaro também pode ser causa de outros problemas na boca.

As denominadas gengivites manifestam-se, sobretudo, em pessoas que já apresentam tártaro na sua dentição. Uma incorreta higiene oral pode igualmente contribuir para o agudizar do problema. Os sintomas das gengivites passam, numa primeira fase, por inchaço e vermelhidão nas gengivas, seguindo-se sangramento e sérias dificuldades na lavagem. Se procura uma boca saudável, lembre-se que o acompanhamento de um especialista é essencial. Só ele poderá identificar o problema e indicar o caminho para o resolver, com rapidez e eficácia. Por isso, consulte o especialista em Saúde Oral, pelo menos, duas vezes por ano.

Não se esqueça da escova de dentes

A escolha certa da escova de dentes é meio caminho andado para a mais correta higiene oral. Quando se fala na remoção de restos dos alimentos e a placa bacteriana, a maioria dos profissionais da especialidade recomenda o uso de uma escova macia e de cabeça pequena. Sendo macia, não provoca ferimentos nas gengivas e retarda o desgaste dentário. A cabeça pequena torna mais fácil a higiene, sobretudo nas zonas posteriores da boca, sem o risco de originar lesões.

Se procura uma boca saudável, lembre-se que o acompanhamento de um Médico Dentista ou Higienista é essencial. Só ele poderá identificar o problema e indicar o caminho para o resolver, com rapidez e eficácia. Por isso, consulte o especialista em Saúde Oral, pelo menos, duas vezes por ano.

Atendimento e Marcações 808 20 20 80
Segue-nos: