Walk
Letra "S": Soja

Letra S

Apesar de ter alcançado um reconhecimento significativo no nosso país apenas recentemente, asojaé um alimento utilizado há mais de 3000 anos na China, constituindo uma das bases da alimentação dos países da Ásia Oriental.

A soja pode apresentar-se das mais variadas formas, cores e texturas, como, por exemplo, tofu, miso, tempeh, natto, tamari, sementes, rebentos, farinha, bebida e em iogurtes de soja.

Pode ser utilizada como:

- espessante de sopas e molhos (miso);

- substituto do leite (bebida de soja);

- substituto da carne e peixe (tempeh, grão e soja texturizada);

- substituto do queijo (tofu), da farinha de trigo (farinha de soja)

Pode ainda ser utilizada em saladas (rebentos), margarinas (óleo de soja) e para temperar os mais variados pratos (tamariemiso).

Por ser membro da mesma família que o feijão, as ervilhas, o grão-de-bico e das lentilhas - as leguminosas - a soja é um excelente fornecedor de proteína vegetal de elevada qualidade, pois possui todos os aminoácidos essenciais para o nosso organismo. Para além disso, o seu grão apresenta um elevado teor de cobre, manganésio, molibdénio, fósforo, ferro, potássio, vitaminas do complexo B (principalmente B2), fibra e ácidos gordos ómega 3.

A soja encerra, ainda, um conjunto de compostos cuja ação tem um elevado interesse para saúde, entre os quais se encontram as isoflavonas (daidzeína, genisteína e gliciteína), as saponinas e os fitoesteróis.

Apesar de os estudos não apresentarem resultados totalmente evidentes, o consumo regular de soja (do grão de soja e dos seus derivados) parece estar relacionado com uma diminuição dos níveis de colesterol total e de colesterol LDL, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares e do risco de incidência de alguns tipos de cancro, como o cancro do endométrio, ovário, colorretal, próstata, mama e estômago. Foi também colocada a hipótese de as isoflavonas presentes da soja mimetizarem a ação dos estrogénios (hormonas femininas) e, desta forma, reduzir alguns sintomas pós-menopáusicos, como as características ondas de calor. No entanto, a investigação mais recente ainda não conseguiu comprovar esta teoria com total sucesso.

Alguma vez comeu soja?

A Equipa de Nutricionistas da Walk'in Clinics